Processo de seleção

Júri LUX

O júri LUX – é um júri composto por 20 pessoas vindas da indústria cinematográfica europeia, que nomeia os filmes para o LUX Prémio do Público, a partir do vasto conjunto de filmes candidatos aos European Film Awards, sendo que os membros do júri têm a possibilidade de acrescentar um filme cada um para ser considerado para nomeação. Não são aceites candidaturas espontâneas.

O objetivo do júri é identificar cinco filmes europeus que competirão para o LUX - Prémio Europeu do Público para o Cinema (nome abreviado: LUX Prémio do Público). O papel dos membros do júri consiste em ver, debater e votar os filmes pré-selecionados, apresentados a concurso nos European Film Awards.
Devido à pandemia e às medidas restritivas, este ano os membros do júri nomearam três filmes durante a reunião do júri LUX, organizada online pelo Parlamento Europeu em setembro de 2020.

Os três filmes serão divulgados na cerimónia de entrega dos prémios da EFA, em 12 de dezembro.

Critérios de elegibilidade para a edição de 2020

Para serem considerados para o LUX Prémio do Público, os filmes devem cumprir os seguintes critérios:
1. Ser um filme de ficção ou um documentário criativo (pode ser um filme de animação).
2. Ter uma duração mínima de 60 minutos.
3. Ser o resultado de produções ou coproduções elegíveis ao abrigo do PROGRAMA EUROPA CRIATIVA/MEDIA – países da União Europeia e Islândia, Albânia, Noruega, Bósnia-Herzegovina e Montenegro.
4. Ilustrar a universalidade dos valores europeus, a diversidade de culturas e temas ou estimular o debate sobre a construção do projeto europeu.
5. Ter tido a sua estreia oficial num festival (inclusive online) ou no cinema, entre 1 de junho de 2019 e 12 de setembro de 2020.